07/10/2019
MP do FGTS prevê quebra do monopólio da Caixa como operador do Fundo
 


O governo quer quebrar o monopólio da Caixa Econômica Federal como operadora do FGTS e dar acesso direto aos recursos para os demais bancos. Isso abriria às instituições privadas a oportunidade de financiar com dinheiro do Fundo projetos de habitação , saneamento e infraestrutura , nos quais foram aplicados cerca de R$ 60 bilhões no ano passado.


O relator da MP do FGTS, deputado Hugo Motta (Republicanos-PB), já aceitou incorporar a medida ao texto, após o Palácio do Planalto fechar acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. O parecer será lido em Comissão Mista do Congresso nesta terça-feira. O relatório final propõe ainda o fim do adicional de 10% sobre demissões sem justa causa que as empresas recolhem ao FGTS.

Fonte: Globo/ Foto: Gabriel Monteiro / Agência O Globo
 
 
VEJA TAMBÉM
16/10/2019 - Rendimento médio mensal de brasileiros mais ricos cresceu 8,4% em 2018
16/10/2019 - Grêmio x Bahia
16/10/2019 - Votação online para escolha das soberanas da ExpoFemi encerra amanhã
16/10/2019 - Buscas por sobreviventes de prédio que desabou em Fortaleza entram no segundo dia; duas mortes foram
16/10/2019 - Enem 2019: locais de prova estão disponíveis para consulta no cartão de confirmação
15/10/2019 - Presidente da Alesc, Julio Garcia é indiciado por quatro crimes na operação Alcatraz
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet