07/02/2019
Modelo de SC será levado para outros Estados, diz secretário nacional de Segurança
 


Em passagem por Santa Catarina nesta quarta-feira, o secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theophilo, anunciou que pretende levar a outros Estados inovações observadas no gerenciamento da segurança da polícia catarinense.

Theophilo elogiou a informatização do atendimento de ocorrências pela Polícia Militar, o PMSC Mobile, e destacou a aproximação dos órgãos de segurança catarinenses com o Tribunal de Justiça. Foi por meio de um acordo com o TJ-SC que a PM obteve verba e abriu licitação para a compra de 1.940 câmeras que serão fixadas nos uniformes dos policiais nas abordagens.

—Estou impressionado com o que vi. A rapidez e agilidade com que os processos são desencadeados. As novas ideias, as inovações e a integração com o Tribunal de Justiça e outros órgãos de segurança pública. Modelo esse que eu pretendo replicar em todo o Brasil — destacou Theophilo.

O secretário nacional pediu o apoio da cúpula da segurança pública catarinense para que possa esclarecer dúvidas de outros secretários do país sobre a implantação dos projetos.

—É um modelo exitoso, que está dando certo. Tenho certeza que, se for aplicado em outros Estados, também vai dar certo. E não é de altíssimo custo. É perfeitamente viável, sai mais barato do que pedir o emprego da Força Nacional de Segurança Pública — aponta.

O secretário ainda destacou as medidas planejadas pelo governo federal no combate à violência no país, como o Plano Nacional de Redução de Homicídios, que tem objetivo de reduzir em 3,5% as ocorrências, e a ampliação do Banco Nacional de Perfis Genéticos.

—Isto é muito importante na resolubilidade dos crimes. Saber fazer a análise da cena do crime e chegar a um resultado para que o crime não compense. Porque hoje o crime compensa pelo baixo índice de resolubilidade que nós temos — manifestou.

Coronel destaca apoio para liberação de verba

A visita do secretário nacional aos órgãos de segurança de Santa Catarina também foi pautada pela expectativa de apoio financeiro para a execução de projetos em SC. O presidente do Conselho Superior de Segurança do Estado, coronel Araújo Gomes, diz que a conversa garantiu avanços à ampliação do sistema de comunicação integrada das forças de segurança do Estado com a Polícia Rodoviária Federal.

Trata-se de um modelo digital de comunicação, mais moderno do que o tradicional sistema de rádio. Santa Catarina conta com o recebimento de uma verba de pelo menos R$ 10 milhões do governo federal para investir no novo projeto.

—Há um recurso para ser liberado que vai proporcionar que o novo projeto de integração de comunicação com a Polícia Rodoviária Federal seja interiorizado. Já está em condições de operar nos próximos meses na região da Grande Florianópolis e do Vale do Itapocu. Com esse novo aporte, deve ser levado às regiões do interior de Santa Catarina — afirma Araújo Gomes.

Fonte: NSC Total/ Foto: Roelton Maciel/Diário Catarinense
 
 
VEJA TAMBÉM
12/04/2019 - Presidente da Câmara de Vereadores de Chapecó é julgado por sete tentativas de homicídio
12/04/2019 - STJ confirma autorização para João de Deus deixar prisão
19/03/2019 - Após baixa adesão, SC terá campanha de vacinação contra febre amarela
19/03/2019 - Ex-governador do Paraná, Beto Richa volta a ser preso
19/03/2019 - Lei Seca diminui em 53% mortes de trânsito no Rio em 10 anos de existência
15/03/2019 - Promotores mostram fotos de Bernardo morto e apontam culpa dos quatro réus por 'homicídio repugnante
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet