06/12/2018
8,5% dos catarinenses vivem abaixo da linha da pobreza, aponta IBGE
 


Aumentou a pobreza no Brasil entre 2016 e 2017. É o que aponta a Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE. Segundo a linha de pobreza proposta pelo Banco Mundial (rendimento de até US$ 5,5 por dia, ou R$ 406 por mês), a proporção de pessoas pobres no Brasil era de 25,7% da população em 2016 e subiu para 26,5%, em 2017.

Porém em Santa Catarina os percentuais de pobreza diminuíram. O Estado tem a menor proporção da população vivendo abaixo da linha de pobreza. São 8,5% dos catarinenses que vivem com menos de R$ 406 mensais por mês. Bem abaixo do segundo colocado, Rio Grande do Sul, com 13,5%. Além disso, em 2016, eram 9,6% nesta situação em SC.

Já em relação à extrema pobreza (segundo Banco Mundial aqueles que vivem com renda inferior a US$ 1,90 por dia, ou R$ 140 por mês) , o percentual é de 1,7% dos catarinenses, também a menor taxa do país, cuja proporção é de 7,4%. Em 2016, essa taxa era de 2% em SC.

Santa Catarina também se destaca com a menor desigualdade de renda entre os Estados, medida pelo Índice de Gini, que quanto mais perto de 1,0, maior a desigualdade. Em SC, esse indicador em 2017 era de 0,421, o que representa uma diminuição frente a 2016 (0,429).

No país o Índice de Gini em 2017 era de 0,549, já em 2016 era de 0,546.

A renda média de 2017 em Santa Catarina ficou em R$ 1.805, bem abaixo dos R$ 3.087 do Distrito Federal, a mais alta do país. Em 2017, o rendimento médio mensal domiciliar per capita no país foi de R$ 1.511. As menores médias foram no Nordeste (R$ 984) e Norte (R$ 1.011), regiões onde quase metade da população (respectivamente, 49,9% e 48,1%) tinha rendimento médio mensal domiciliar per capita de até meio salário mínimo.

Fonte: Diário Catarinense/ Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
 
 
VEJA TAMBÉM
18/07/2019 - Lar dos Velhinhos de Ponte Serrada recebe donativos arrecadados pela Polícia Civil
18/07/2019 - Corpo de jovem de 23 anos é encontrado no Rio Uruguai
17/07/2019 - Em SC, maioria das vítimas de feminicídios é branca e não terminou ensino médio, diz TCE
17/07/2019 - Mega -Sena sorteia prêmio de R$ 16 milhões nesta quarta
17/07/2019 - Deputados aprovam redução da altura mínima para ingresso na PM e no Corpo de Bombeiros de SC
17/07/2019 - Governo vai liberar R$ 63 bi do FGTS e PIS Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilha
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet