05/12/2018
Lava Jato investiga esquema de propinas de US$ 31 milhões de empresas do mercado internacional do pe
 

A Polícia Federal (PF) está nas ruas para cumprir mandados da 57ª fase da Operação Lava Jato. Esta etapa, de acordo com a PF, investiga a ação de uma organização criminosa que agia na área de trading da Petrobras. Foram expedidos 11 mandados de prisão preventiva e 26 de busca e apreensão. Até o momento, cinco pessoas foram presas no estado do Rio de Janeiro.

O pagamento de pelo menos US$ 31 milhões em propinas para funcionários da Petrobras por empresas de trading é apurado nesta fase, segundo o Ministério Público Federal (MPF). A área de trading realiza negócios de compra e venda de petróleo e derivados da Petrobras por ou para empresas estrangeiras.

O pagamento, conforme o MPF, foi feito por grandes empresas do mercado de petróleo e derivados. O valor atualizado equivale a R$ 119.427.500.

As propinas foram registradas entre 2009 e meados de 2014. Contudo, a PF não descarta a continuidade do esquema na área a trading, com ramificações internacionais, até os dias de hoje.

Fonte: G1/ Foto: Divulgação
 
 
VEJA TAMBÉM
12/04/2019 - Presidente da Câmara de Vereadores de Chapecó é julgado por sete tentativas de homicídio
12/04/2019 - STJ confirma autorização para João de Deus deixar prisão
19/03/2019 - Após baixa adesão, SC terá campanha de vacinação contra febre amarela
19/03/2019 - Ex-governador do Paraná, Beto Richa volta a ser preso
19/03/2019 - Lei Seca diminui em 53% mortes de trânsito no Rio em 10 anos de existência
15/03/2019 - Promotores mostram fotos de Bernardo morto e apontam culpa dos quatro réus por 'homicídio repugnante
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet