12/01/2018
Agência de risco rebaixa nota do Brasil, que fica longe de ser bom pagador
 


A agência internacional de risco Standard&Poor's (S&P) rebaixou nesta quinta-feira (11) a nota de crédito soberano do Brasil de "BB" para "BB-". Com isso, o rating do país segue sem o selo de bom pagador, mas agora está três degraus abaixo do grau de investimento. Já a perspectiva para a nota mudou de negativa para estável.
O rebaixamento já era esperado por parte do mercado em razão das dificuldades do governo para conseguir a aprovação da reforma da Previdência.
Na justificativa para a decisão, a agência apontou como "uma das principais fraquezas do Brasil" o atraso na aprovação de medidas fiscais que reequilibrem as contas públicas.
"Apesar de vários avanços da administração Temer, o Brasil fez progresso mais lento que o esperado em implementar uma legislação significativa para corrigir a derrapagem fiscal estrutural e o aumento dos níveis de endividamento", destacou a S&P em relatório, acrescentando que as incertezas por causa das eleições de 2018 agravam esse cenário.


Fonte: Fonte: O Globo
 
 
VEJA TAMBÉM
16/07/2018 - TSE pode decidir no recesso sobre pedido para declarar Lula inelegível
16/07/2018 - Projeto de lei levanta polêmica sobre o uso de agrotóxicos no Brasil
16/07/2018 - Prouni 2018: resultado da 2ª chamada sai nesta segunda-feira
16/07/2018 - França fatura R$ 146,3 mi por título;
16/07/2018 - Já está disponível nesta segunda-feira o 2º lote de restituição do Imposto de Renda.
12/07/2018 - Técnico da Chapecoense testa 26 jogadores em amistoso
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet