16/09/2021
Ministério da Saúde mantém intervalo de 12 semanas para a segunda dose da vacina da AstraZeneca
 



O Ministério da Saúde anunciou na noite desta quarta-feira (15) que vai manter a recomendação de intervalo de 12 semanas para aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca. A previsão era a adoção de 8 semanas.

Mais cedo, em evento em São Paulo, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que há "excesso de vacinas" no país. Na segunda-feira (13), Queiroga defendeu que a campanha de vacinação no Brasil é um "sucesso" e que a reclamação por falta de doses é "narrativa". Ao menos seis estados estão com falta de imunizante para a segunda dose.Ao menos desde julho estados já autorizaram prefeituras a reduzir o intervalo entre as doses da AstraZeneca por causa da preocupação com a variante delta do coronavírus. No começo daquele mês, estudo na revista científica Nature apontou que uma única dose das vacinas Pfizer ou AstraZeneca era pouco eficiente contra as variantes, mas que duas doses são capazes de neutralizá-las.

Fonte: G1/ Foto: Mariana Ferreira/Divulgação
 
 
VEJA TAMBÉM
19/10/2021 - Campanha lançada pela Prefeitura de Xanxerê já inseriu 14 adolescentes no Programa Jovem Aprendiz
19/10/2021 - Perseguição e tiros durante a madrugada em Chapecó
19/10/2021 - Governo do Estado lança programa SC Mais Moradia para combater déficit habitacional
19/10/2021 - Mais de 20,5 mil crianças e adolescentes foram vacinados no Dia D da Campanha de Multivacinação
19/10/2021 - Presidente da Epagri entra na lista da Forbes das 100 mulheres poderosas do agro
19/10/2021 - Não é igual no mundo todo: inflação no Brasil deve fechar ano maior que a de 83% dos países
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
BR 282 - Em frente a Ideal Veículos, CEP: 89820-000 - Xanxerê - SC
Fone: 49 . 3433 9797 | 49 . 99123 7132
© - Ideia Good - Soluções para Internet