18/09/2020
Deputados de SC decidem continuar o processo de impeachment do governador e da vice
 


Os deputados estaduais de Santa Catarina votaram pelo prosseguimento do processo de impeachment contra o governador do estado, Carlos Moisés da Silva (PSL). A votação ocorreu em reunião extraordinária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) na noite desta quinta-feira (17). Foram 33 votos a favor do prosseguimento, seis contra e uma abstenção. Apesar do resultado, o governador não foi afastado, pois ainda há outros passos no processo, como a comissão mista julgadora. A solicitação de afastamento dele e da vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido), foi oficializada em julho e aponta suspeita de crime de responsabilidade em aumento salarial dado aos procuradores do estado em 2019. As defesas do governador e da vice negam que tenha havido crime de responsabilidade fiscal. A sessão ocorreu das 19h às 20h43. Mais cedo, em outra reunião extraordinária da Alesc, os deputados votaram pelo prosseguimento do processo de impeachment contra a vice-governadora. A sessão relacionada a ela ocorreu das 15h às 19h. Foram 32 votos sim, sete não e uma abstenção. A vice-governadora também não foi afastada pois ainda há outros passos no processo.A sessão ocorreu de forma presencial, com alguns deputados participando de forma virtual por diversas razões, incluindo um parlamentar diagnosticado com Covid-19. A vice-governadora acompanhou a votação na própria Alesc. Já Moisés não estava presente na assembleia. Com o resultado dessas duas votações, os deputados autorizaram abertura de processo por crime de responsabilidade contra Moisés e Reinehr. Após as votações, foram aprovadas as redações finais dos processos.

Em caso de afastamento do governador e da vice, o presidente da Alesc, o deputado Julio Garcia seria o primeiro na linha sucessória para assumir. Esta semana ele foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por lavagem de dinheiro na Operação Alcatraz. A denúncia é analisada pela Justiça Federal e, se ele não puder assumir, assume interinamente o presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), desembargador Ricardo Roesler.

Fonte: G1 SC/ Foto: Diorgenes Pandini/NSC
 
 
VEJA TAMBÉM
20/10/2020 - Caixa paga auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família
20/10/2020 - Ponte Preta x Chapecoense
20/10/2020 - Eleições 2020: decreto autoriza uso das Forças Armadas para garantir segurança da votação
20/10/2020 - Após impasse judicial, Alesc vota 2º pedido de impeachment contra governador de SC nesta terça
19/10/2020 - Umberto Louzer atribui empate da Chapecoense à maratona de jogos na Série B
19/10/2020 - Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições de 2020
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet