26/11/2019
PF prende oito suspeitos de envolvimento em morte de cacique em reserva indígena de Ronda Alta
 


A Polícia Federal está realizando uma operação na manhã desta terça-feira (26) para prender suspeitos de matar o cacique Antônio Mig Claudino na Reserva Indígena Serrinha, em Ronda Alta. O crime ocorreu em 2017.

Estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e 10 de busca e apreensão nos municípios gaúchos de Pelotas, Ronda Alta, Planalto, Constantina e Três Palmeiras, e em Chapecó, em Santa Catarina.

Até as 8h30, oito pessoas haviam sido presas.

O inquérito policial apurou que o crime foi minuciosamente planejado, tanto para garantir a execução da vítima quanto para prejudicar a investigação. Ao menos uma testemunha do crime teria participado da ação, com o objetivo de atrair o cacique e, posteriormente, fornecer informações desconexas aos policiais.

Conforme a PF, a investigação indica que dois "matadores" que atuam no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina foram contratados por pelo menos quatro indígenas da região para realizar a execução, motivada pela disputa da liderança, dinheiro oriundo de arrendamento de terras indígenas e vingança.

Durante os dois anos de investigação, diversas diligências foram realizadas, inclusive a reconstituição do crime. A PF ouviu aproximadamente 60 pessoas, realizou perícias e houve troca de informações com a Polícia Civil do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

A operação tem como objetivo confirmar a participação dos investigados no homicídio e acrescentar novos elementos às informações já coletadas. A operação tem o apoio das polícias Militar e Civil do estado de Santa Catarina.

Morte do cacique
O crime ocorreu em 20 de março de 2017. O cacique, que tinha 57 anos, foi atingido por cinco tiros, quando estava em um bar com outro indígena na aldeia localizada na região do Alto Recreio.

Conforme o delegado Leandro Guimarães Antunes, um homem desceu de um veículo, se aproximou e deu os disparos. O cacique foi atingido na região do pescoço e nuca. Já o outro indígena ficou ferido por um tiro de raspão. O cacique chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Fonte: G1 RS/Foto: Divulgação/PF
 
 
VEJA TAMBÉM
17/01/2020 - Operação contra lavagem de dinheiro faz buscas em cidades de SC e do PR
17/01/2020 - Governo federal anuncia aumento do piso dos professores
17/01/2020 - Notas do Enem 2019 são divulgadas pelo Inep
16/01/2020 - Hemerson Maria vê favoritismo do Avaí, e prevê dificuldade da Chape em início do estadual
16/01/2020 - 78% das propriedades rurais de Santa Catarina produzem no sistema de Agricultura Familiar
16/01/2020 - Excesso de velocidade e estacionamento irregular lideram infrações de trânsito em SC
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet