18/11/2019
É CAMPEÃO! Com muita raça e gol nos acréscimos Brasil é campeão do mundial Sub-17
 


O Brasil é tetracampeão da Copa do Mundo de Futebol sub-17. Neste domingo (17), no estádio Bezerrão, em Gama, no Distrito Federal, a equipe brasileira conseguiu a virada nos acréscimos do segundo tempo e se tornou campeão em cima do México. Kaio Jorge e Lázaro marcaram para a Seleção Brasileira e González fez para os mexicanos.

Pode-se dizer que a garotada da Seleção Brasileira sub-17 gosta de roteiros de suspense. Nas semifinais, a equipe levou dois gols da França e conseguiu a virada com um gol aos 44 minutos do 2º tempo. Na finalíssima contra o México, o andamento da partida foi ainda mais emocionante. Até os 37 minutos da etapa final, o time perdia por 1 a 0, mas encontrou forças para marcar dois gols (um deles de pênalti) e ficar com o título, com um gol marcado já nos acréscimos, quando todo mundo já esperava pelas penalidades máximas.

A equipe do técnico Guilherme Dalla Dea foi campeã com 100 por cento de aproveitamento: sete vitórias em sete jogos, marcou 19 gols e levou apenas seis. No caminho do título bateu o Canadá (4 a 1), a Nova Zelândia (3 a 0), Angola (2 a 0), Chile (3 a 2), Itália (2 a 0), França (3 a 2) e, enfim, fez 2 a 1 no México numa noite de muita emoção.

Assim que começou a partida, não foi um 1º tempo fácil como a imensa torcida brasileira esperava. O nervosismo da garotada era visível nos erros de passes de curta distância. Ainda assim, até os 25 minutos, o Brasil mandou no jogo e teve as melhores chances.

Aos 13 minutos, cruzamento para a área mexicana, Veron chegou finalizando com muita vontade, mas por sobre o gol. Aos 17, ocorreu a melhor oportunidade: Peglow encheu o pé, da meia-lua da grande área, e acertou o travessão do goleiro García. E aos 22, Veron passou por dois marcadores, entrou na área e chutou na rede, pelo lado de fora.

Depois disso, o México acertou a marcação, encurralou o Brasil e não se expôs a nenhum outro contra-ataque. Mesmo assim, não conseguiu incomodar o goleiro Matheus. Dessa forma, o empate em 0 a 0 após 45 minutos acabando deixando tudo para o 2º tempo.

As emoções estavam, realmente, destinadas para o final. O Brasil começou melhor e Patrick experimentou de longe, aos 13 minutos, o goleiro García espalmou no susto.

Como “quem não faz, leva”, aos 20 minutos, num cruzamento para a área brasileira, González subiu e cabeceou para o chão, certinho, a bola entrou na chamada “bochecha” da rede. Gol do México, emudecendo o estádio Bezerrão.

Os próprios jogadores levaram tempo até assimilar o golpe. O técnico Guilherme Dalla Dea fez a substituição que deu certo no jogo da semifinal contra a França: tirou Peglow e colocou o reserva Lázaro, atacante do Flamengo.

Aos 35 minutos, Daniel Cabral chutou da intermediária, com muita curva, a bola voltou a bater no travessão. Não parecia ser o dia do Brasil!

Porém, aos 38 minutos, com a ajuda do árbitro de vídeo, o juiz foi alertado que Veron tinha sido derrubado na área, no lance anterior. Pênalti para alegria de todo o estádio. Kaio Jorge foi para a cobrança, bateu no cantinho, García ainda tocou na bola, mas era gol do Brasil: 1 a 1.

Parecia que o jogo iria para a decisão nas penalidades máximas, porém, o time não se rendia. Aos 47 minutos, Yan Couto cruzou com perfeição, Kaio Jorge deixou a bola passar e Lázaro chegou para dar um chute mascado, de primeira, no canto oposto de García. Era o gol do título! Era o segundo gol do Brasil e o segundo gol de Lázaro, o herói que saía do banco para mudar a história dos dois jogos decisivos, contra a França e contra o México

Fonte: Agência Brasil/ Foto: Alexandre Loureiro/ CBF
 
 
VEJA TAMBÉM
17/01/2020 - Operação contra lavagem de dinheiro faz buscas em cidades de SC e do PR
17/01/2020 - Governo federal anuncia aumento do piso dos professores
17/01/2020 - Notas do Enem 2019 são divulgadas pelo Inep
16/01/2020 - Hemerson Maria vê favoritismo do Avaí, e prevê dificuldade da Chape em início do estadual
16/01/2020 - 78% das propriedades rurais de Santa Catarina produzem no sistema de Agricultura Familiar
16/01/2020 - Excesso de velocidade e estacionamento irregular lideram infrações de trânsito em SC
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet