12/04/2019
STJ confirma autorização para João de Deus deixar prisão
 


A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou na quinta-feira (11) decisão do ministro Nefi Cordeiro que autorizou o médium João de Deus a deixar a prisão para ser internado no Instituto de Neurologia de Goiânia. A decisão de Cordeiro foi proferida no mês passado.

Nesta quinta, o colegiado julgou um recurso do Ministério Público Federal (MPF) contra a decisão liminar do ministro, que, por unanimidade, foi referendada.

João de Deus foi preso no 16 de dezembro do ano passado sob suspeita de violação sexual mediante fraude e de estupro de vulnerável, crimes que teriam sido praticados contra centenas de mulheres na instituição em que atendia pessoas em busca de tratamento espiritual, em Abadiânia, Goiás.

O ministro do STJ atendeu a pedido da defesa de João de Deus, que tem problemas de pressão arterial e um "aneurisma da aorta abdominal com dissecção e alto risco de ruptura", segundo os advogados. Na decisão, Nefi Cordeiro entendeu que todo preso tem direito à dignidade e à saúde.

Fonte: Diário Catarinense/ Foto: Arquivo / AFP)
 
 
VEJA TAMBÉM
17/05/2019 - Acidente foi registrado na madrugada na BR 282 em Ponte Serrada
17/05/2019 - Citados em delação do dono da Gol negam financiamento ilegal
17/05/2019 - Economia caiu 0,1% no 1º trimestre, aponta monitor do PIB da FGV
17/05/2019 - Tite anuncia seleção brasileira da Copa América em meio a quebra-cabeça
15/05/2019 - 52% dos catarinenses já se vacinaram contra a gripe
15/05/2019 - Após habeas corpus, Temer é solto e deixa prisão no Comando de Policiamento de Choque, em SP
PEÇA SUA MÚSICA
  COMO ANUNCIAR
  TOP 10 MOMENTO
  ANIVERSARIANTES
  FÃ DA MOMENTO
  MURAL DE RECADOS
  PROMOÇÕES
  CLASSIFICADOS
  MENSAGEM DO DIA
  NOTÍCIAS
  GALERIA DE FOTOS
  AGENDA DE EVENTOS
 
© - Ideia Good - Soluções para Internet